segunda-feira, 30 de abril de 2012

Bar onde Décio foi morto tem grande queda de movimento.

 (THIAGO VELOSO/OIMP/D.A PRESS)


Uma semana após o assassinato do jornalista Décio Sá, o bar que foi cenário do episódio viu o movimento e o quadro de funcionários diminuírem.

 A gerente do Estrela do Mar, Ana Cristina Silva, disse que a clientela caiu mais que a metade no fim de semana, e que nos dias da semana não houve praticamente ninguém que parasse lá. "Só ficamos funcionando de terça à sexta mesmo porque o bar tem a estrutura toda aberta. Não dá pra fechar durante o dia, só se colocasse barreira de cadeira".

O garçom e a cozinheira que trabalhavam no momento do crime, muito abalados com que viram, pediram demissão.

Segundo ela, toda a Litorânea está sofrendo com a má impressão deixada pelo caso. "Nos últimos dias, quando dá 20h a praia fica vazia. Isso não afeta só nosso bar, mas o local e até mesmo a cidade como um todo. Poderia ter acontecido em qualquer lugar", afirmou. "Precisamos de mais fiscalização, câmeras de segurança, viaturas. Sei que isso não se muda de um dia pro outro, mas alguma coisa precisa ser feita".
 
O Imparcial

Cada presidiário do MA custa R$ 24 mil por ano ao governo estadual.


De acordo com a SEJAP, os maiores gastos são com alimentação e infraestrutura do detento. Cada um custa, na média, cerca de R$ 2 mil mensais ao governo.


 
Diante de tantos crimes que ocorrem diariamente, é necessário que o Governo tome medidas para estabelecer a segurança da população. Uma das principais é a manutenção de penitenciárias para que possam receber os infratores de todo e qual quer tipo de crime. Mas o gasto com detentos no Brasil é bastante alto.

Segundo informações fornecidas pelo Superintendente de Controle e Execução Penal do Interior da Secretaria de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária, SEJAP, Alfrânio Martins Feitosa, um presidiário custa ao governo R$ 2000 por mês, totalizando R$ 24 mil por ano.

Se bem aplicado, "com certeza (os R$ 2 mil) irão gerar resultados positivos, visto que evitam ou diminuem a reincidência prisional, ou seja, evitam que o estado tenha que pagar duas, três, quatro vezes para manter o indivíduo longe da criminalidade", disse ele. Geralmente o responsável pelas despesas é o estado, mas há casos em que pode haver uma parceria com a iniciativa privada.

De 2011 para os primeiros meses de 2012, houve um acréscimo nas despesas, visto que a média nacional era de cerca de R$1.700, sendo "os maiores gastos são com infraestrutura e alimentação, pois são fornecidas três vezes ao dia pelo estado, que paga uma empresa terceirizada denominada MASAN para fornecer a alimentação", afirma Alfrânio.

Segundo o superintendente da SEJAP, "o tipo de regime influencia nas despesas, que acarretará na determinação de políticas de atuação internas". Há também penitenciárias que oferecem trabalho aos presidiários, que recebem quantias provenientes do material que produzem.

Os presídios também têm gastos similares com os profissionais da área. "O agente penitenciário, por exemplo, recebe de R$ 2.700 a R$ 3.500 por mês, e os monitores de ressocialização recebem de R$ 700 a R$1.500", disse Alfrânio para O Imparcial.
 
 
O Imparcial 

Partidos políticos têm até hoje para prestação de contas


Central de Noticias

Termina nesta segunda-feira (30) o prazo para os partidos políticos apresentarem a prestação de contas de 2011 à Justiça Eleitoral.



Os partidos que não prestarem contas poderão ter o repasse do fundo partidário suspenso por até um ano, além de serem obrigados a devolver recursos ao erário. Ano passado, os partidos devolveram R$ 3,4 milhões devido a irregularidades nas contas.


A prestação de contas, prevista na Resolução 21.841/2004, deve ser assinada pelo presidente do partido, pelo tesoureiro e por um profissional legalmente habilitado. Também devem ser entregues o livro diário, acompanhado de balanço e demais demonstrações contábeis; o livro razão, acompanhado de plano de contas e extratos bancários do período integral do exercício.


Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, os principais erros que ocorrem na prestação de contas são a falta de documentação ou documentos entregues indevidamente.

Com informações TSE

Pastor Pedro Villela, comemora o seu aniversário com muito louvor, na Primeira Igreja Batista de Chapadinha.

 
A Primeira Igreja Batista de Chapadinha encheu-se de festa, na noite de ontem (29), pelo aniversário de 53 anos, do Pastor Pedro Villela.


  A programação festiva teve duração de três dias e contou com a participação de muitos fiéis e convidados, entre eles, o Pastor Arnaldo, da cidade mineira de Três Corações, que ressaltou a perseverança e o empenho do colega de ministério, em transformar vidas.

 


O culto em ação de graças foi marcado por muitas homenagens ao pastor carioca que, há seis anos, chegou ao município e, desde então, vem desenvolvendo várias obras missionárias, em prol da cidadania e evangelização das comunidades chapadinhenses, como, a de Feliciana, localizada há 35 km de Chapadinha, que esteve ontem na Igreja, representada por um grupo de moradores.



Denominada pelo pastor presidente da Primeira Igreja Batista de Chapadinha, como festa de crente,  a celebração evangélica, foi dirigida por Pedro Villela, com muita disposição e vitalidade, um diferencial que chama a atenção de muitas pessoas, principalmente a dos jovens, que tiveram a oportunidade de assistirem a um vídeo sobre as frentes missionárias da Igreja, nos Bairros Mutirão e Recanto dos Pássaros, bem como nas localidades rurais Barroca da Vaca e Boca da Mata.



Ao final da celebração, todos foram servidos com o bolo de aniversário do pastor.

sábado, 28 de abril de 2012

UFMA abre concurso para Técnicos-Administrativos

Período de inscrições vai até o dia 16 de maio.
Salário inicial está entre R$ 1.473,58 a R$ 2.989,33.

Do G1 MA
A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) está com inscrições abertas para concurso público destinado ao preenchimento de 45 vagas em cargos de níveis fundamental, médio/técnico e superior. As vagas estão distribuídas entre o Campus de Bacabal, Chapadinha, São Bernardo, Imperatriz, São Luís, Codó, Pinheiro e Grajaú.

As inscrições podem ser feitas pela internet, através do endereço eletrônico www.concursos.ufma.br, até o dia 16 de maio. A taxa de inscrição custa R$ 39, para funções de nível fundamental; R$ 48, para médio, e R$ 79, para superior.


Todos os candidatos serão avaliados através da prova objetiva, a qual constará de questões de múltipla escolha, compatível o grau de escolaridade de cada candidato. A prova será aplicada no dia 17 de junho, no horário das 9h às 13h em São Luís. O concurso terá a validade de dois anos, mas existe a possibilidade de ser prorrogado por igual período, a critério da Universidade.

Cargos

Nível C (Fundamental): Auxiliar em Administração;


Nível D (Médio/Técnico): Técnico em Contabilidade, Técnico de Laboratório na área de Histologia e Técnico em Prótese Dentária;

Nível E (Superior): Assistente Social, Bibliotecário Documentalista, Economista, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Matemático, Médico na área de Medicina do Trabalho, Médico Psiquiatra, Médico-Veterinário, Museólogo, Nutricionista, Pedagogo, Secretário Executivo e Técnico em Assuntos Educacionais.


A remuneração inicial dos cargos de nível de classificação C será de R$ 1.473,58, para a classe D será de R$ 1.821,94 e já para os cargos de nível E será de R$ 2.989,33, em jornadas de 20 e 40 horas semanais.

Educação: Moradores do Residencial José de Sousa Almeida aprovam escola modelo.


A Unidade Escola Joaquim Nunes ficou lotada, na tarde de ontem (27), durante a solenidade de apresentação das estruturas física, administrativa e docente aos pais e responsáveis dos alunos, que a partir de segunda-feira, passarão a estudar na escola modelo.


Além da comunidade do residencial, prestigiaram o evento, a prefeita de Chapadinha, Danúbia Carneiro; o vereador, Samuel Nistron, representando a Câmara Municipal de Vereadores, a secretária municipal de educação e sua adjunta, Enir Ferreira e Maria Coelho, respectivamente, juntamente com os demais secretários municipais, Dr. Sebastião Pinheiro e, os familiares do saudoso José de Sousa Almeida, homenageado durante a solenidade.



A comunidade teve a oportunidade de conhecer a história do homenageado, bem como toda a infraestrutura da escola, o seu quadro docente e administrativo. A educadora, Jacira Freire, ficará à frente do cargo de gestora da unidade.


A comunidade que esteve presente ao evento elogiou, em todos os aspectos, as instalações da escola que atende a todas as exigências do MEC, inclusive, ao quesito acessibilidade, para os portadores de necessidades especiais.  

 

A dona de casa, Lúcia de Sousa, por exemplo, ficou feliz com as condições oferecidas pela escola aos filhos dela, que já estão matriculados. Ela destacou o conforto das amplas salas e, a competência dos profissionais e educadores que, a partir do dia 30, deste, passarão a ser um importante elo no desenvolvimento intelectual das crianças e jovens do residencial.


De acordo com a secretária municipal de Educação, Enir Lima, conforme a procura, a escola vai formar turmas voltadas à educação de jovens e adultos, para atender a demanda de pais e mães que almejam concluir os estudos.

Em seu pronunciamento, a prefeita anunciou que, brevemente a creche do residencial, será entregue à comunidade. Na oportunidade, a gestora municipal, recebeu atenciosamente a uma solicitação, dos moradores, que será analisada pela prefeitura.

A criançada, principal beneficiada, com a escola modelo, ficou animada com a presença da prefeita, e ansiosa para o início das aulas, na  segunda-feira.

Adolescente infrator é apreendido traficando drogas em Chapadinha, MA.

Por CN1

Sábado, 28 de Abril de 2012



Gilete utilizada para cortar a droga/Foto: Blog CN1

O  adolescente infrator F.C.L.L de 17 anos, foi apreendido ontem (27),  pelo Serviço de Inteligência da 4ª Companhia Independente da PM. Os policiais abordaram o adolescente no bairro Vila Brasil na cidade de Chapadinha no momento em que ele estava quebrando algumas pedras de crack.

Dinheiro apreendido /Foto: Blog CN1
Motocicleta apreendida/Foto: Blog CN1
Com o infrator, foram  apreendidos  55 (cinqüenta e cinco) pedras de crack, além de R$ 27,00(vinte e sete reais)  e uma motocicleta Honda Titan, cor preta, placa NHA-8678.

Foto: Blog CN1
Foto: Blog CN1
Segundo a polícia, o menor já havia sido detido em outra oportunidade também  por tráfico de drogas. O adolescente foi conduzido juntamente com todos os objetos aprendidos para a 3ª Delegacia de Polícia Civil de Chapadinha, onde ficará a disposição do juizado de menores.

Veja a imagem de um dos suspeitos pela morte de jornalista

Do Blog Luís Cardoso
 



Valdenio José da Silva (Veja foto divulgado pela TV  Mirante), preso como um dos suspeitos da morte do jornalista Décio Sá, permanece preso na SIEC. Ele continua aprisionado com um outro suspeito, Fábio Roberto Cavalcante Lima.

A prisão dos dois foi decretada pela juiza Alice de Sousa Rocha. Valdênio estava com uma arma de calibre 38.

A polícia levanta participação dele em outros crimes em alguns estados do Nordeste. Em pelo menos um já foi confirmado, como sendo participante de quadrilha de roubo de cargas.

Denúncias anônimas levara a polícia a apurar a sua participação na morte do blogueiro Décio Sá.

A Polícia ainda não confirmou a participação dele no assassinato de que foi vítima o jornalista
Os investigadores do caso desconfiam que Valdenio José da Silva seja o responsável pela  fulga do executor de Décio Sá.

Imagens cedidas por proprietários de casas nas proximidades do morro por onde o matador subiu para alcançar um carro que já o esperava, estão sendo trabalhadas por causava da péssima visibilidade. Por elas, é provável que o comparsa do assassino seja reconhecido.

O matador, pelas imagens recolhidas, entra em um carro e foge. Tudo foi milimetricamente tramado.

Assassinado policial que estava na investigação da morte de Décio Sá.

Do Blog Luís Cardoso



 
Foi assassinado hoje pela madrugada um agente policial civil que estava participando da equipe que investiga  a morte do jornalista e blogueiro Décio Sá.


O policial de nome João de Jesus Lobato Santana vinha exercendo participação ativa nas investigações sobre o assassinato de Sá, executado no dia 23 deste em um bar na avenida Litorânea.


Lobato, assim que encerraram ontem as investigações, por volta das 22h, se desclocou até ao Kabão para tomar cerveja gelada. Distraido, o policial foi executado por uma pessoa que estava na garupa de uma moto. O crime tem todas as características de que foi praticado por pistoleiros de alugel.


Policiais estão neste momento realizando uma pesada operação para prender um dos suspeitos que estaria no bairro Barreto. Aguarde em minutos mais detalhes.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Mais uma moto é tomada de assalto nas proximidades da Praça São Raimundo, em Chapadinha. A segunda em uma semana.

Por CN1

Sexta-Feira, 27 de Abril de 2012

Local do Assalto/Foto: Blog CN1

O vendedor Ezequiel Ramos de Sousa, 23 anos teve sua motocicleta tomada de assalto por dois elementos desconhecidos na noite de ontem (26), por volta das 21h20  quando transitava na Travessa Eurico Dutra, próximo ao colégio Paulo Ramos no bairro Aparecida em Chapadinha.

De acordo com os policiais da Força Tática que atenderam a ocorrência, a vítima foi surpreendida por dois bandidos. Um deles armado,  apontou o revólver em sua direção da vítima,  pedindo que ele entregasse a motocicleta. O vendedor desceu da moto e saiu correndo, os bandidos fugiram levando o veículo.

As características da motocicleta são as seguintes: Moto Honda Fan, 150 ESI Flex, cor vermelha metálica, chassi – 9C2KC1680CR420524, motor- KCI668C420524.

“Saidinha Bancária”. Bandidos abordam cliente e levam mais de cinco mil reais de vítima no centro de Chapadinha, MA.


Por CN1

Sexta-Feira, 27 de Abril de 2012
A vítima sacou mais de 5 mil reais/Foto: Blog CN1
A “saidinha bancária” fez  mais uma vítima na cidade de Chapadinha. Uma mulher que não vamos revelar o nome e  que reside no povoado  Arraial, zona rural de Brejo, MA tinha acabado de sacar cinco mil e seiscentos  reais de uma agência  bancária na cidade.

Segundo  relatou a vítima para os policiais da Força Tática , após realizar o saque na  agencia do Banco do Brasil,  a mulher  foi  abordada por um casal na Praça da Bíblia no centro da cidade, por volta das 12h25  que simulou a perda de um envelope contendo dois cheques  em nome de Jonatha Divino Medeiros Matos.

Praça da Bíblia/Foto: Blog CN1



A vítima inocentemente juntou o envelope do chão e entregou a dupla de marginais. Como forma de agradecimento, o casal de bandidos prometeu dá a vítima uma certa quantia em dinheiro.
A mulher foi levado  para uma rua do centro, onde foi surpreendida pela dupla de marginais que  tomaram sua bolsa contendo seus documentos e a quantia de R$ 5.600,00 (Cinco mil e seiscentos reais).

A  PM chegou a realizar  diversas diligências   no sentido de prender os autores do delito não obtendo êxito.  A vítima foi orientada a registrar a ocorrência na delegacia .

No último dia 12 de abril, também em Chapadinha, MA uma senhora de 56 anos também  foi vítima do mesmo golpe, os bandidos levaram três mil e setecentos reais.

Veja a Matéria


Uma senhora de 56 anos, foi vítima agora pouco da saidinha bancária. Dois homens um deles bem vestido abordou a vítima em frente a banca de revista localizada na Praça Coronel Luis Vieira, no centro de Chapadinha e levou cerca de três mil e setecentos reais, dinheiro tomado de empréstimo no banco do Brasil no início da tarde de hoje (12).

De acordo com a vítima, o homem que usava  camisa manga longa branca e calça azul, deixou cair um suposto cheque no valor de quinze  mil reais, a vítima juntou  o cheque e entregou para o estelionatário. Ele  agradeceu  e disse ser dono de uma loja de calçados  localizada próximo a agencia dos correios.

Em seguida ofereceu um presente  a vítima e a convidou para ir buscar dois pares de  sapatos. Foi quando um segundo elemento se aproximou e se identificou como trabalhador de uma grande loja da cidade e confirmou a história.

O primeiro elemento se apossou da bolsa da vítima e pediu para ela que o  acompanhasse até a sua loja. “A senhora não  confia em mim, pode confiar me dê sua bolsa, me acompanhe que eu  lhe darei  seu presente”, disse o estelionatário.

Nervosa, a vítima não teve nenhuma reação. O  larápio saiu andando rapidamente  com a bolsa da vitima. Estática, a senhora em prantos procurou  a Guarda Civil Municipal de Chapadinha e denunciou o fato. Imediatamente  a GCM saiu em  diligência para capturar os dois elementos com apoio da PM.

Além dos  R$ 3.700,00  os estelionatários levaram, celular e todos os documentos que estavam na bolsa.

Decretado sigilo nas investigações sobre a morte de jornalista.

Aluísio Mendes disse que a polícia está se aproximando do executor do crime.

Raquel Soares e Verislene Alves Do G1 MA


Aluísio Mendes (Foto: Flora Dolores/O Estado)
"Polícia está perto do executor do crime",
disse Aluísio Mendes (Foto: Flora Dolores/O Estado)
 
 O secretário de Segurança Pública do Estado do Maranhão, Aluísio Mendes, afirmou que, a partir de agora, não serão mais divulgadas informações acerca do andamento das investigações, e que toda a operação segue em sigilo absoluto. 
 
A coletiva ocorreu na manhã desta sexta-feira (27). " A polícia compreende a grande vontade dos profissionais da imprensa na busca de informações sobre o caso, mas só iremos divulgar alguma informação assim que tivermos algo concreto. Qualquer informação desencontrada pode atrapalhar a nossa investigação. 
 
Quem executou o jornalista Décio Sá é arquivo vivo. O mandante do crime sabe que, quanto mais nos aproximamos do executor, mais perto estaremos dele. Nossa preocupação não é esconder informações da imprensa, mas sim, garantir a integridade deste que pode nos levar ao mandante deste crime bárbaro", enfatizou o secretário.
 
Aluísio Mendes afirmou que Décio Sá não foi atraído para o local da execução. " Décio Sá estava cumprindo uma rotina. Os familiares confirmam que ele ia constantemente àquele bar. O executor e o mandante sabiam disso. 

O assassino chegou ao bar junto com Décio Sá. A dinâmica do crime foi meticulosamente planejada. Esse não foi um crime planejado em 24 horas, a rota de fuga já estava traçada e eles evitaram contato com a viatura que estava fazendo a ronda no horário. Temos mais pessoas envolvidas nesse assassinato, e vamos chegar à todas elas," finalizou o secretário.

O secretário falou, também, sobre os indícios que estão sendo analisados pela equipe que investiga o caso." Essa é uma investigação extremamente complexa. Cerca de 22 mil e 700 itens estão sendo analisados pela Polícia Civil e técnica. Contamos com a ajuda da Polícia Federal e agora com a ajuda de toda a equipe da Seic na elucidação deste caso", afirmou o secretário.

O secretário pediu a colaboração da imprensa e das pessoas que testemunharam o assassinato." Peço a colaboração da imprensa e a paciência de todos. Esse é um quebra-cabeça complexo, e precisamos de tempo para analisar de forma profissional todos os dados. Peço também a colaboração daquelas pessoas que estavam no bar no dia do assassinato. Essas pessoas precisam falar, precisamos ouvir todas elas, pois ainda existem divergências em relação à dinâmica dentro do bar. A polícia já tem detalhada toda a dinâmica da execução e da fuga, mas precisamos afinar esses detalhes sobre o que aconteceu dentro do bar. Então, peço que essas pessoas falem, a identidade delas será mantida em sigilo absoluto," finalizou.


Sobre o caso

O jornalista Décio Sá foi morto a tiros por volta de 22h40, em um bar da Avenida Litorânea. De acordo com testemunhas, os suspeitos chegaram em uma motocicleta, executaram o jornalista e fugiram do local.
Em menos de duas horas, a polícia encontrou o cartucho da arma que teria sido utilizada no crime. A peça passou nesta quarta-feira (25) por uma análise química, que permitirá um resultado mais preciso sobre as impressões digitais do assassino do jornalista Décio Sá.

Qualquer informação sobre os assassinos do jornalista, pode ser passada ao Disque-Denúncia, pelos telefones 3223-5800, na capital, e 0300 313 5800, no interior do Estado. Não é necessário se identificar.

Raça Negra emociona fãs em Chapadinha

Por William Fernandes - do Blog William Fernandes


O grupo de pagode Raça Negra, que surgiu em São Paulo, no início da década de 1980, e já vendeu mais de 30 milhões de cópias, fez um show na madrugada desta sexta, pela primeira vez em Chapadinha, na Quadra do FAC.


Com músicas românticas, a banda envolveu o público que veio de várias partes da Região. As músicas eram acompanhadas com muito entusiasmo pelos fãs, que vibravam a cada vez que o vocalista, Luis Carlos, iniciava outra.

Músicas como É Tarde Demais, É o Amor, Será, O Que eu Faço Sem Você, Me Leva Junto Com Você e outras fizeram parte do repertório que durou exatas duas horas.
Durante o show, o cantor Luis Carlos apresentou seu filho, Rafael Carlos, que cantou algumas músicas e agradou o público.

De positivo, a sensação de ver em nossa cidade uma banda consagrada ao longo de quase trinta anos de carreira e com sucessos que embalaram muitos romances. Mas faltou mais empolgação e energia por parte do vocalista, que parecia cansado e não se envolvia muito com o público, que esperava um pouco mais.

De quebra, muitos fãs saíram irritados por terem sido maltratados pelos seguranças (da banda) na hora de encarar uma desorganizada fila para tentar uma foto ou autógrafo do cantor. Pouquíssimos tiveram o privilégio de posar ao lado dele.

A alegação da produção do grupo é a de que o cantor estava cansado em função dos muitos shows na turnê nordestina. Fãs gostam de seus ídolos, mas também querem ser bem tratados.

De parabéns, a produção do evento, que tinha à frente, os promoters Marilene Pinheiro e Carlinhos “Mãozinha”, que se empenharam ao máximo para trazer à região, uma banda desejada pelo público durante décadas.

De acordo com Marilene, em maio será realizada mais uma edição do “Forró das Antigas”, desta vez, com as bandas de forró Líbanos e Tropicália.

Suspeito de estuprar sobrinha de 7 anos é preso.


A prisão aconteceu nesta quinta-feira (26).
Suspeito foi abordado pela polícia quando se preparava para fugir da cidade.

Do G1 MA



Um suspeito de estuprar uma menor de 7 anos de idade, na cidade de Peri-Mirim, foi preso na mesma região, nesta quinta-feira (26), após denúncias do pai da vítima. O suspeito seria tio da criança.

O crime ocorreu no bairro Campo de Pouso, nas proximidades de um lixão que fica entre as cidades de Peri-Mirim e Palmeirândia. A mãe da menina, ao perceber que a filha estava com alguns sintomas de que havia sido violentada, a levou imediatamente ao hospital da cidade de Pinheiro, onde foi constatado o estupro.

O suspeito foi abordado pela polícia militar quando se preparava para fugir da cidade. Em depoimento, ele informou que chegou à casa da vitima e se utilizou do artifício de presentear a sobrinha com uma caixa de lápis de cor, para que ela saísse de casa em sua companhia.

O homem foi autuado por estupro de vulnerável, seqüestro e ameaça. Após a autuação ele foi encaminhado para a Delegacia Regional de Pinheiro.

Nada de Ponto Facultativo na segunda-feira.



Com a chegada do feriado do Dia do Trabalho na próxima terça-feira, 1º de maio, criou-se a expectativa que o funcionalismo público pudesse ter mais um feriadão prolongado.

No entanto, o Blog recebeu a informação que a governadora Roseana Sarney não concederá o Ponto Facultativo na segunda-feira (30), como estava sendo aguardado pelo funcionalismo público estadual.
Sendo assim, folga mesmo só no feriado da terça-feira.

Salários – O Blog também confirmou que o salário do servidor público estadual já estará nas contas a partir de segunda-feira (30).

Ou seja, o servidor do estado pode até não ter um feriadão prolongado, mas passará o feriado do dia 1º de maio com dinheiro no bolso.

Jornalistas pedem saída de Antônio Pedrosa da Comissão de Direitos Humanos





Do Blog Luís Cardoso

 
Luís Antônio Pedrosa, persidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/MA. Foto: Luís Pablo
Luís Antônio Pedrosa, presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/MA. Foto: Luís Pablo













Os jornalistas do Maranhão estão indignados com as declarações postadas por Luís Antonio Câmara Pedrosa, presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional/MA, sobre a morte do jornalista e blogueiro Décio Sá, executado na última segunda-feira (23), com cinco tiros em um restaurante na Avenida Litorânea.

O sindicato da categoria pede a saída de Pedrosa da Comissão de Direitos Humanos, pelo desrespeito não só com o jornalista Décio Sá, mas com todos os profissionsais ligados à imprensa.

Em seu texto intitulado: Um assassinato contra a democracia, Pedrosa embora caracterize o crime como sendo de encomenda, admite não lamentar a morte violenta de Décio e ainda o compara a gorila diplomado. “Não derramei lágrimas de crocodilo no velório, no qual não aceitaria confortavelmente comparecer. Sempre discordei dessa linha de jornalismo, que, no Estado, é composta por um pequeno número de gorilas diplomados”.

Além da total falta de respeito com o fato e com a classe profissional, Antônio Pedrosa demonstra que não está preparado para estar à frente da Comissão de Direitos Humanos, que como o próprio nome já diz, deveria zelar pela vida e combater a prática de atos dessa natureza.

A sociedade precisa de uma resposta da OAB/MA para que atos como este não se repitam, principalmente dentro de uma instituição que tem a obrigação de garantir o cumprimento das leis, em toda a sua extensão.
Declarações como esta acabam justificando e até encorajando a prática de crimes de pistolagem, principalmente aqueles praticados contra os profissioanais da comunicação.

Assembleia Legislativa vai reforçar campanha de combate ao crack.

Agência Assembleia


  O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Arnaldo Melo (PMDB), anunciou, na manhã desta quinta-feira (26), que o mês de maio será o mês em que a Assembleia Legislativa vai implantar as políticas de combate ao crack.

“Queremos convidar todos os colegas deputados, o nosso pessoal da imprensa, jornalistas, blogueiros, todas as pessoas que tem interesse em nos ajudar tanto no combate ao crack quanto às outras drogas e ao tráfico, de modo que no mês de maio possamos nos irmanar aqui juntamente com a Frente Parlamentar que foi instalada no ano passado e todas as comissões permanentes desta Casa, nos engajarmos neste movimento, para que o mês de maio seja o mês de combate a este droga com todo o apoio da nossa Assembleia Legislativa”, declarou Arnaldo Melo.

Ele explicou que o mês de maio foi escolhido em razão do sofrimento que muitas mães passam, com filhos drogados e como o mês de maio é o mês das mães, mês de Maria – mãe de Cristo -, a Assembleia Legislativa decidiu fazer um grande esforço, juntamente com todos os deputados da Casa, para que o Poder Legislativo possa dar a sua contribuição à sociedade maranhense.

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Flagrante no trânsito de Chapadinha.


Hoje (26), pela manhã, registramos esse flagrante de desrespeito às leis de trânsito. O motorista de um caminhão, pertencente a uma transportadora, estacionou parte do veículo em cima da Praça Coronel Luís Vieira, para descarregar mercadorias a um estabelecimento comercial.



O motorista ao perceber que estava sendo fotografado se dirigiu com palavras de baixo calão ao membro da equipe do blog. Após concluir o descarregamento o motorista seguiu tranquilamente com o veículo, sem 
receber nenhuma notificação pela infração de trânsito.  



Além de ser considerada uma infração média, com perda de 4 pontos na CNH, o valor da multa é por estaciona em local proibido é de R$ 85,12.

Professores e Supervisores do município participam de oficina prmovida pela Obra Kolping.

Educadores e Supervisores da Secretaria Municipal de Educação de Chapadinha estão participando da oficina de teatro de bonecos, promovida pela Obra Kolping Nordeste, na sede do movimento social, no bairro Areal.



A oficina faz parte do projeto Fuzuê, que visa difundir e valorizar o teatro de forma animada, como instrumento de democratização cultural, educação e comunicação popular. A coordenação pedagógica é do artista bonequeiro, filiado à Associação Brasileira de Teatro de Bonecos / ABTBon e Bacharel em Direito pela Universidade Estadual do Piauí – Leandro Silva.



As atividades iniciaram na última quarta-feira e serão encerradas no sábado (28), às 7h da noite, com um pequeno festival cultural, onde serão apresentadas todas as produções artísticas dos participantes, à comunidade do bairro.

Polícia prende homem que pode ter participação na morte de Décio.

Do Blog Luís Cardoso
 
A polícia prendeu na manhã desta quinta-feira (26) Fábio Roberto Cavalcante Lima, que estava foragido e que pode ter participação no assassinato do jornalista Décio Sá, executado com cinco tiros em um restaurante na Avenida Litorânea, na noite da última segunda-feira (23).



Fábio Roberto era morador do Parque Vitória e já havia sido condenado por furto. A polícia tinha um mandado de prisão expedido contra ele. Um detalhe chama atenção: Fábio Roberto é o nome mais citado nas ligações do disque-denúncia que apontam seu envolvimento no crime.

Ele está preso na Delegacia de Homicídios e não quis falar sobre a morte do jornalista. A polícia prossegue com as investigações para averiguar se houve a participação dele na execução de Décio, e deve divulgar em breve o retrato falado do suspeito apontado pelas testemunhas que presenciaram o crime.

SEMA promove audiência pública sobre instalação da Suzano em Chapadinha.



 
A Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Maranhão realizou, na noite de ontem (26), no Ginásio do Colégio O Pequeno Príncipe, uma audiência pública sobre o projeto industrial da Suzano Energia Renovável que, planeja instalar uma fábrica no Município de Chapadinha.



Para a Gerente de Assessoria Jurídica da SEMA – Adriana Arouche, a realização da audiência pública no município é o primeiro passo, de uma série de etapas, até chegar à emissão do licenciamento definitivo da unidade fabril da SER no município.


Na oportunidade foram apresentados, o projeto industrial da empresa e o relatório de impacto ambiental na região. De acordo com o gerente executivo de engenharia da Suzano, João Carlos, a indústria será instalada, na Fazenda Santo Ângelo, uma área rural localizada a 20 km de Chapadinha. A meta de produção é de 2 milhões de toneladas de pellets (partículas desidratadas e prensadas de madeira moída) ao ano, a partir de 2014.


Segundo o diretor de operações da Suzano, a empresa vem com o propósito de promover o desenvolvimento e a qualidade de vida na região, além de gerar energia, por meio de fontes renováveis, sem perdas significativas ao meio ambiente. Marcos Stolf enfatiza que a ideia do projeto é gerar emprego e renda na região, a partir de uma fonte de energia limpa, minimizando a emissão de gases tóxicos que provocam o efeito estufa. O empreendimento vai gerar a própria energia, que vai consumir, não comprometendo o abastecimento de energia elétrica local.



A empresa responsável pela elaboração dos estudos ambientais foi a STCP Engenharia de Projetos Ltda., que apontou os impactos e riscos ambientais associados ao projeto industrial da Suzano Energia e respectivos programas e medidas para controle, minimização, compensação, potencialização e monitoramento.
Entre os impactos negativos, os estudos revelaram que haverá alteração da qualidade do ar pela emissão de ruídos, alteração da paisagem regional e afugentamento da fauna. Em relação aos positivos, o relatório de impacto ambiental revelou que o empreendimento vai gerar emprego e renda, melhorar os acessos regionais a localidades isoladas e aumentar a receita tributária, municipal e estadual.

 Em seguida, foram respondidos os questionamentos da plenária, pelos técnicos da STCP e membros da equipe da Suzano. Participaram da audiência lideranças comunitárias, sindicais, eclesiásticas e políticas dos municípios da região, entre elas, o prefeito de São Benedito do Rio Preto, a prefeita de Chapadinha, o Deputado Estadual, Magno Bacelar – representando a Assembleia Legislativa do Maranhão e Ministério Público.

O Relatório de Impacto Ambiental (RIMA), está disponível na página virtual da SUZANO ENERGIA RENOVÁVEL.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Últimos preparativos para a aula inaugural da escola do Residencial José de Sousa Almeida.



A Prefeitura de Chapadinha, por meio da Secretaria Municipal de Educação, está acertando os últimos detalhes na Unidade Escolar Coronel Joaquim Nunes, no Residencial José de Sousa Almeida, para a realização da aula inaugural, na próxima segunda-feira, dia 30.



A escola foi construída para atender 480 estudantes, nos níveis de Educação Infantil e Ensino Fundamental, nos turnos matutino e vespertino, até o momento, foram matriculados 400 alunos. 



Hoje pela manhã (25), além do setor administrativo, os servidores da escola organizavam   uma parte, das carteiras escolares, adquiridas pela SEMED, para o ensino público municipal de Chapadinha.

Das seis salas existentes na U.E. Cel. Joaquim Nunes, quatro, serão destinadas ao Ensino Fundamental e, as demais, para o Ensino Infantil. De acordo com a representante da Secretaria Municipal de Educação, Jacira Freire, a escola futuramente, deverá oferecer, conforme à demanda, a modalidade de ensino EJA – Educação de Jovens e Adultos.



Ainda segundo Jacira, será realizada uma reunião na unidade, na sexta-feira, dia 27, a partir das 4h da tarde, com o objetivo de apresentar o quadro docente e administrativo da escola à comunidade do residencial. O evento deverá contar com a presença da prefeita de Chapadinha, Danúbia Carneiro, da secretária municipal de educação, Enir Ferreira Lima e demais convidados. 



A representante da SEMED lembra aos pais ou responsáveis, que não completaram a matrícula dos filhos, que o prazo para levar as cópias do registro de nascimento e da declaração da escola onde o menor estudava anteriormente, termina amanhã (26).

Morte de Décio pode estar relacionada ao caso Fernanda Lages, diz imprensa.

 
As informações abaixo é do portal do Piauí, 180graus:

Jornalista Décio Sá
Jornalista Décio Sá

Na tarde desta terça-feira (24/04) o secretário de Segurança Pública do Maranhão, Aluísio Mendes, falou ao site 180graus, por telefone, e confirmou que o assassinato do jornalista Décio Sá, na madrugada desta terça-feira (24/04), em São Luís (MA), pode ter algum tipo de ligação com o Caso Fernanda Lages.

O jornalista, nos últimos dias, publicou várias reportagens de um possível envolvimento de políticos maranhenses com prostituição de luxo no estado do Piauí. A Polícia Federal está investigando a morte de Fernanda Lages desde o final do ano passado e não descarta ligação com prostituição, por isso existiria uma suspeita de envolvimento com parlamentares do Maranhão que costumavam vir ao Piauí para se divertir em baladas.

Fernanda Lages foi encontrada morta no dia 25 de agosto de 2011 e até hoje, oficialmente, não se sabe como. As evidências levam a crer que foi assassinada, jogada de cima de uma altura de oito metros do prédio em obras do Ministério Público Federal. Uma de suas amigas, Nayra Veloso, chegou a ser presa para ajudar nas investigações. É que ela conheceria deputados estaduais do Maranhão, sendo que um deles inclusive bancou um advogado para sua defesa.

Continue lendo aqui

Fábrica de água mineral Mar Doce é interditada pela Vigilância Sanitária.

 

 Em operação conjunta realizada na manhã desta terça-feira (24), a Delegacia do Consumidor (Decon), a Vigilância Sanitária e o Instituto de Criminalística do Maranhão (Icrim-MA) interditaram,  a fábrica de água mineral Mar Doce, em Paço do Lumiar.

Segundo apurou o blog, a ação foi idealizada após consumidores denunciarem a mudança de cor de galões usados pela empresa para envasar água mineral.

Na visita in loco, hoje pela manhã, técnicos da Vigilância Sanitária detectaram falhas no controle de qualidade.




Do Blog Gilberto Léda

Presos em Pedrinhas não tem relação com a morte de Décio Sá



 
Os policiais de SEIC concluíram no final da tarde que as quatro pessoas presas nas proximidades do Posto de Pedrinhas, na BR 135, não tem nenhuma relação com o assassinato do jornalista Décio Sá, executado ontem em um restaurante da avenida Litorânea, por volta das 23h.

Os quatro homens estavam em um veículo Corsa Classic, com película fumê, e ao fazerem manobra brusca, foram abordados pelos policiais rodoviários

Um dos homens, um policial militar reformado, portava uma pistola  calibre .40, com 20 munições e mesmas caraterísticas da arma que matou Décio Sá, além de  R$ 2,446 em dinheiro

Eles chegaram a ser encaminhados para o 12º Distrito Policial, no bairro do Maracanã e posteriormente para a SEIC

Só após as investigações ficou comprovado que os quatro haviam participado de uma saidinha de banco na cidade de Bacabeira.

Mortes de jornalistas continuam impunes.


A morte de jornalistas e radialistas causa espanto, indignação, mas na maioria dos casos esão fadadas à impunidade. Não é de hoje que os profissioanis da imprensa são silenciados por pistoleiros a mando de “figurões” ameaçados por suas acusações.

A execucação do jornalista e blogueiro Décio Sá, ocorrida em um restaurante, na noite desta segunda-feira (23) na Avenida Litorânea, apenas demonstra a fragilidade da vida desses profissioanais, desprotegidos e expostos por suas declarações e reportagens.

É mais um numa lista extensa. Em 1998, o jornalista maranhense Donizetti Adauto foi morto em Teresina, por pistoleiros contratados por seu ex-amigo Djalma Marques. O crime teve motivação política, e até hoje, embora as investigações tenham apontado a autoria do crime, o julgamento não aconteceu.
Enquanto isso, o mandante Djalma trabalha como professor no curso de direito da Universidade Federal do Piauí. A polícia concluiu o inquérito há anos, mas “manobras jurídicas” impedem o julgamento dos responsáveis pela morte do jornalista, que já tinha sido expulso do Maranhão por causa de suas matérias investigativas que apontavam negociatas e corrupção nas diferentes esferas do poder. O assassinato teve grande repercussão nacional. Mas continua impune.

Jorge Vieira. Foto: Folha Maranhão
Jorge Vieira. Foto: Folha Maranhão

Em 2001, foi a vez do radialista Jorge Vieira, ser morto na cidade de Timom. Ele tinha um programa na Rádio Tropical, atual CBN, em Teresina. O programa “Fala Timon”, fazia duras críticas à gestão do então prefeito Chico Leitoa. No dia  30 de março de 2001, depois de encerrar o programa, o radialista se dirigiu para Timon. Ao chegar em casa, antes de entrar, foi pego de emboscada e alvejado a trios. Três homens estavam num carro à sua espera. Foram três tiros sem chance de defesa.

Os tiros atingiram o peito, o braço direito e a região o pescoço. O radialista agonizou sete dias no hospital São Marcos em Teresina, vindo a falecer. Na época, o Sindicato dos Radialistas do Piauí fez diversas manifestações de protesto.A Polícia investigou e dividiu o crime em três etapas: planejamento, co-autoria e autoria. Foram indiciadas sete pessoas.

O Ministério Público acolheu o relatório do delegado e denunciou os sete à Justiça. Entre os denunciados estão a então: a ex-primeira dama do município, esposa do então prefeito Chico Leitoa, o secretário municipal de Administração e Finanças, a governanta da casa do prefeito e uma funcionária pública municipal. Todos como planejadores.  Além desses, mais três, como autor e co-autores.Jorge Vieira hoje dá nome à penitenciária de Timon, e apesar da imensa repercussão nacional, até agora ninguém foi penalizado pela morte do radialista.

Tim Lopes. Foto: O Globo
Tim Lopes. Foto: O Globo

Tim Lopes foi assassinado por traficantes no Rio de Janeiro. Foto: Rede GloboEm 2002, o jornalista Tim Lopes foi assassinado por traficantes do Rio de Janeiro enquanto apurava denúncias de exploração sexual e consumo de drogas por menores nos famosos bailes funk.A repercussão do caso tomou proporções gigantes. Especialmente por Tim ser um repórter da Rede Globo, que fez uso de toda a sua influência para pressionar as autoridades e coloborar com as investigações. Várias equipes de reportagens foram colocadas à serviço de matérias investigativas, que levaram ao mandante e executores do jornalista. Os que não foram mortos, foram julgados e condenados.

E o caso de Décio não pode ser apenas mais um. Ele era funcionário do Sistema Mirante de Comiunicação. A empresa precisa usar de sua influência e pressionar as autoridades, além de colaborar nas investigações e repercutir o caso, para que não caia no esquecimento. Os jornalistas precisam se unir e levantar a bandeira de Décio Sá, que entre outras coisas, combatia a impunidade em casos de crime dessa natureza.Décio Sá foi executado num restaurante na Litorânea.

Décio Sá.
Décio Sá.

A sociedade e a classe de jornalistas não pode perder a capacidade de se indignar e de lutar contra absurdos dessa natureza. Chega de impunidade. Chega de tentar calar a voz da imprensa. Chega de crimes de pistolagem. Vamos dar um basta, e que a morte de Décio seja um divisor de águas na triste história da impunidade dos crimes de encomenda no Maranhão.

Do Blog Luís Cardoso